VOLTSWAGEN AG não existirá

É um bom costume em todo o mundo os departamentos de imprensa das montadoras apresentarem o dia XNUMXº de abril. Às vezes eles causam risos, às vezes eles dão errado. Com a suposta mudança de nome para “Voltwagen”, a VW tirou a sorte grande na América do Norte: quase todo o cenário da mídia caiu na piada, que, no entanto - e isso dificultou a classificação - vazou dois dias antes.

No comunicado de imprensa feito profissionalmente, o chefe da VW USA, Scott Keogh, foi citado como tendo dito: “Podemos substituir o K por um T, mas nosso compromisso em construir os melhores carros em sua classe - para seus motoristas e para pessoas em todos os lugares não mudará. ”E Keogh acrescentou:“ Esta mudança de nome é um aceno ao nosso passado como um carro para as pessoas - e uma expressão de nossa firme convicção de que nosso futuro reside em ser o carro elétrico para as pessoas ”.

Enquanto os fóruns da Internet vibravam e os experts da marca já se posicionavam sobre as notícias sensacionais, o grupo se mantinha em elegante silêncio. As consultas da imprensa foram respondidas evasivamente - um convite, talvez para fazer um pouco mais de pesquisa. Quem fez isso, por exemplo o jornalista norte-americano Bozi Tatarevic, descobriu, por exemplo, que a VW não tinha de forma alguma assegurado os direitos sobre este nome de modelo.

O termo “Voltwagen” também apareceu no site do cliente nos EUA e ainda está lá. Porque não se trata apenas de uma piada do XNUMXº de abril, mas também de uma campanha de marketing que visa destacar a estratégia de eletrificação do Grupo. Mesmo assim, a VW deixou claro: é claro, os carros ainda se chamam Volkswagen. Afinal, ainda é uma das marcas mais fortes de todos os tempos.

Enquanto isso, a agitação estourou entre os jornalistas que caíram na piada do Dia da Mentira: a VW havia “mentido”, o site The Verge indignado. O Washington Post encontrou um professor de comunicação que descreveu a ação como "de mau gosto", enquanto uma revista especializada julgou que a piada do Dia da Mentira foi "mal implementada". A agência de notícias Reuters relatou "críticas na mídia social" pelo "comunicado de imprensa enganoso". E o bom e velho “auto motor und sport” até evoca um “desastre de relações públicas”.

É um pouco mais fácil entender essas reações sem humor quando você considera o enorme problema de credibilidade da mídia. Qualquer pessoa que supere as "notícias falsas" não deve se deixar enganar por uma piada do primeiro de abril. Nem mesmo quando ele se saiu tão bem quanto este. (ampnet / Jens Meiners)

 

Deixe um comentário para "VOLTSWAGEN AG não existirá"

Deixe um comentário

O endereço de e-mail não será publicado.


*